A UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto recebeu, no passado dia 21 de julho, a final da 1.ª edição do BIP Acceleration, o programa de aceleração de projetos de valorização de resultados de investigação da U.Porto.

O primeiro prémio, no valor de 5 mil euros, foi atribuído à Orgavalue, um projeto na área da bioengenharia que propõe uma tecnologia inovadora para criar novos órgãos humanos, com potencial de aplicação no tratamento e diagnóstico de doenças.

A edição deste ano do BIP Acceleration distinguiu ainda os projetos GENESIS (2.º lugar) e OceanCare (3.º lugar). O primeiro consiste num “sistema inovador, capaz de produzir e simultaneamente armazenar H2 verde, fornecendo energia on-demand”. Já o segundo propõe um novo método para “pincelar os barcos com revestimentos anti-incrustantes e anti-oxidantes benignos para os oceanos”.

 

Notícia escrita por Notícias U.Porto