3DECIDE (2017)

A 3Decide Palcos da Realidade - Computação Gráfica, LDA fornece soluções de modelação procedimental que possibilitam a geração automática de ambientes urbanos em 3D e a sua visualização em ambientes visuais imersivos. A empresa especializou-se na prestação de serviços de consultoria informática, focada em conteúdos e tecnologias visuais avançadas (ex: mapas, modelos 3D, plantas 2D, fotografias/vídeos 360º). Estão, atualmente, a desenvolver uma PaaS (Platform as a Service) inovadora e unificadora de gestão de conteúdos visuais. 

 

WIDETAIL (2017)

A Widetail foca-se na área do comércio eletrónico. O produto principal da empresa, agora Spin-off U.Porto, chama-se Jumpseller e é atualmente uma das plataformas para criar loja online mais utilizadas em pequenas e médias empresas na América Latina. A equipa da Widetail tem uma forte experiência técnica na área do e-commerce, para além de um completo histórico de integrações com operadoras locais de transporte e logística, apoio ao cliente em vários idiomas e relações com gateways de pagamento de cada país, como é o caso da Easypay e da IfThenPay em Portugal. O Jumpseller é uma solução de referência e processa milhares de transações por mês. Os seus clientes estão maioritariamente em Portugal, Chile, Brasil e Estados Unidos da América.

 

OSTV (2017)

A OSTV, LDA é uma empresa especializada na produção de conteúdos multimédia para plataformas digitais, e é responsável pela distribuição do Canal 180 através do serviço de televisão por subscrição (cabo). Dirigindo-se sobretudo a audiências mais jovens, dispersas e fragmentadas, a OSTV tem suscitado o interesse dos principais operadores de telecomunicações, bem como de instituições culturais e marcas com forte investimento na criação de conteúdos, apoio às artes e ativação cultural.

I-SENSIS PERFUME DESIGN (2017)

A I-SENSIS PERFUME DESIGN está vocacionada para o mercado empresarial (Business 2 Business), e é especialista na criação de fragrâncias, no desenvolvimento de produtos perfumados e na aromatização profissional de espaços. Desenvolve, para os seus clientes, perfumes e produtos perfumados em regime de private label chave na mão e o serviço de aromatização profissional de espaços que fornecem é feito com tecnologia própria e patenteada. 

 

 

THERMOSITE (2017)

A Thermosite especializou-se no desenvolvimento de software de orçamentação para clientes finais e também na distribuição de produtos de climatização, nomeadamente ar condicionado. O mercado-alvo da empresa é, sobretudo, nacional, e abrange tanto clientes finais, interessados em comprar aparelhos de ar condicionado, bombas de calor, esquentadores, entre outros, como por instaladores e distribuidores interessados em comprar os mesmos produtos. 

 

TONIC APP (2017)

A TONIC APP SA é uma empresa especializada na área da saúde digital mobile, para comunicação segura e dedicada entre médicos e de conteúdos profissionais em saúde. O mercado-alvo da spin-off é, sobretudo, europeu e países de língua portuguesa, sendo constituído tanto por utilizadores finais, os médicos, como intermédios: hospitais e outras organizações de saúde. 

 

TOPDOX (2017)

A TOPDOX especializou-se no desenvolvimento contínuo e na comercialização de uma plataforma de colaboração e de acesso a ficheiros e documentos, destinada à mobilidade empresarial. A tecnologia criada permite o acesso a infraestruturas de ficheiros dentro das empresas, sem necessidade de acesso VPN e a partir de qualquer dispositivo móvel ou plataforma de integração. Tendo a escala global como mercado-alvo, a Topdox tem uma forte presença nos EUA, mercado onde foram recentemente concretizadas parcerias com empresas como a Dropbox e a Atlassian Inc. Estas irão permitir desenvolver e integrar a tecnologia desenvolvida nas soluções já existentes no mercado.

 

NEOSCÓPIO (2017)

A NEOSCÓPIO S.A. dedica-se ao desenvolvimento dos seguintes produtos e serviços: suporte e assistência ao cliente, desenvolvimento e personalização de software, formações, administração de sistemas, construção de clouds privadas, gestão colaborativa de conteúdos online, soluções para computação de alta performance, etc. O mercado-alvo da spin-off são sobretudo empresas, universidades e/ou instituições que necessitem de serviços relacionados com soluções open source. A NEOSCOPIO S.A foi criada na sequência do 1º Curso de Empreendedorismo da Universidade do Porto e foi a primeira empresa recém-criada a ser instalada no UPTEC. Isso representou uma oportunidade para os seus fundadores empreenderem e prosseguirem com o apuramento da ideia de negócio e com o aprofundamento das variáveis tecnológicas e de mercado.

 

EZ4U​ (2017)

EZ4U (ou Curiosity Layer – Investigação e Comunicação) é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de plataformas web que sustentam a comunicação entre empresas e os seus clientes finais, através do envio de SMS’s. A spin-off foi inicialmente desenvolvida para dar resposta à necessidade de uma comunicação fácil e eficiente entre um cliente na área da saúde e os seus pacientes. No entanto, o mercado-alvo estendeu-se já para os setores do retalho, banca, educação, entre outros. Os fundadores da EZ4U basearam-se na experiência adquirida  nas Faculdades de Engenharia e Economia para o desenvolvimento da componente de I&D da plataforma tecnológica.

 

RUNNING PHOTOS (2017)

A Running Photos (ou Advanced Details - Consultoria e Comunicação) especializou-se na criação de plataformas digitais para a comercialização de conteúdos fotográficos criados no contexto de eventos que envolvam grandes aglomerados de pessoas. O mercado-alvo da empresa é global e dirige-se sobretudo a eventos desportivos e musicais. Os fundadores da Running Photos basearam-se na experiência adquirida nas Faculdades de Engenharia e Economia, e também no LIACC, para o desenvolvimento da componente de I&D da plataforma tecnológica.

 

MEDIDA​ (2017)

A MEDIDA - Serviços em Medicina, Educação, Investigação, Desenvolvimento e Avaliação LDA atua no desenvolvimento, avaliação e distribuição de produtos e serviços para pessoas com doenças crónicas, especialmente para doentes respiratórios ou alérgicos. O mercado-alvo da empresa são os prestadores de cuidados de saúde e empresas da indústria farmacêutica. Entre os seus principais projetos contam-se uma aplicação móvel para aumentar a adesão à terapêutica inalada da asma (INSPIRERS), os questionários CARAT (Controlo of Allergic Rhinitis and Asthma Test) e CARATKIDS, usados em mais de 20 línguas, um sistema de suporte à decisão clínica através de uma aplicação web interativa que auxilia a interpretação dos valores de óxido nítrico exalado (FENO) e conteúdos educativos para plataformas web. A MEDIDA, LDA resulta da experiência acumulada e investigação desenvolvida pelos seus fundadores, ao longo dos anos, no contexto do CINTESIS – FMUP e FCUP.

 

INANOENERGY​ (2017)

InanoEnergy dedica-se ao desenvolvimento, protótipo e produção de soluções para coleta de energia com aplicação no contexto da internet das coisas, com base em nanogeradores que convertem energia desperdiçada em eletricidade. A spin-off nasceu no Departamento de Física e Astronomia da Faculdade de Ciências da U.Porto (FCUP) e o seu mercado é nacional e internacional.

 

 

MASDIMA​ (2017)

A MASDIMA LDA pretende dedicar-se à produção e comercialização de um sistema multi-agente para gestão de operações irregulares nos centros de controlo das companhias aéreas e todos os serviços relacionados. O mercado-alvo da empresa é global, e inclui companhias aéreas e consultoras que funcionem como distribuidores e integradores da solução. Desde o início de 2014 os promotores do projeto têm vindo a criar conhecimento na área de Inteligência Artificial e Machine Learning. Recentemente, concretizaram algumas parcerias com as companhias aéreas TAP e Air Baltic.

 

EYE2MAP​ (2017)

A Eye2Map é uma empresa prestadora de serviços de mapeamento aéreo com recurso a drones. Os seus serviços caracterizam-se pela recolha de informação com sensores a bordo dos drones e respetivo processamento de dados. Os resultados desse processamento resumem-se a produtos de informação geográfica e podem ser úteis para Topografia, Cartografia, Cadastro, entre outros. A Eye2Map teve a sua génese no trabalho desenvolvido pelo seu promotor, no âmbito da licenciatura em Engenharia Geográfica (FCUP). 

 

INNOVCAT​ (2017)

A InnovCat especializou-se em investigação, desenvolvimento e comercialização de catalisadores heterogéneos, entre eles o X-CAT (que se encontra em fase de prova de conceito pré-industrial e pré-comercialização). A empresa presta também serviços e consultoria no mercado mundial de catalisadores heterogéneos e de novos processos químicos em escala industrial, nomeadamente de produção de biodiesel e bioprodutos. O mercado desta spin-off, cuja origem está associada aos resultados de investigação desenvolvida na FCUP, é global, incluindo países como EUA, Canadá, Espanha, França, entre outros.

 

IDEIA.M​ (2017)

A IDEIA.M é uma empresa de design e estratégia de produto. Gera inovação através do design e engenharia, aplicando ferramentas de criatividade no processo de desenvolvimento de novos produtos ou serviços. Intervém em diversos sectores de atividade, desde a aeronáutica e plataformas autónomas a dispositivos médicos e bens de consumo, passando pelos instrumentos musicais, neste caso, através da marca própria AVA. Criada em 2008, manteve sempre uma relação muito próxima e profícua com a Universidade do Porto, através de diversas unidades orgânicas e do UPTEC, onde se encontra atualmente instalada

 

GISGEO​ (2017)

A Gisgeo Information Systems comercializa produtos e serviços de software web e mobile capazes de capturar, armazenar, analisar e/ou apresentar dados georreferenciados. É uma empresa especializada em Sistemas de Informação Geográfica. Entre os serviços desenvolvidos pela spin-off destacam-se, por exemplo, o Portal do Clima, criado para o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, ou o serviço Áreas de Acolhimento Empresarial, produzido para a Comissão da Região Norte. Além de Portugal, a Gisgeo está presente também nos mercados de Espanha, Angola, Moçambique e S. Tomé e Príncipe.

 

ECOCUBO (2017)

Assente numa arquitetura de valores intimamente ligados com a envolvente natural, o Eco³ (Ecocubo) pretende desenvolver soluções que permitam a exploração sustentável do território. A soma desses valores resulta numa forma geométrica pura, um equipamento compacto, amovível, funcionalmente flexível e sustentável, de simples e rápida execução, que privilegia a utilização de produtos ecológicos e nacionais (tais como a madeira e cortiça). O essencial para maximizar a experiência de estar na natureza, criado assim uma relação mais próxima, de comunhão com esta. Eco³, a face da natureza que convida o utilizador a usufruir de uma experiência única.

 

 IS4H - INTERACTIVE SYSTEMS FOR HEALTHCARE​ (2017)

IS4H - INTERACTIVE SYSTEMS FOR HEALTHCARE desenvolve e comercializa sistemas interactivos para a saúde. O principal produto são os sistemas de auscultação interativa, com destaque para o IS4Learning, uma tecnologia de ensino já a ser utilizados em escolas de medicina em Portugal e França, e em negociações avançadas no Canadá, Espanha e EUA. Para os elementos da empresa, o trabalho de investigação sempre foi encarado como uma oportunidade única para empreender e os fundadores da IS4H possuem uma vasta experiência adquirida em entidades da U.Porto – FCUP, FEUP, CINTESIS e IT. 

 

VENTURE CATALYSTS (2017)

Venture Catalysts especializou-se na criação de startups de base tecnológica e científica e, neste sentido, dedica-se à angariação de financiamento para suportar projetos que já criaram mais de 20 postos de trabalho altamente qualificados, a sua maioria formados na U.Porto. Assim, a Venture Catalysts vê a U.Porto como um dos principais ecossistemas providenciadores de recursos humanos para compor as empresas que ajudam a formar. Para a spin-off, os recursos humanos representam um fator muito importante para o sucesso dos projetos, motivo pelo qual tencionam reforçar de forma constante a relação com a Universidade do Porto.

 

FIBERSAIL (2017)

Fibersail pretende dedicar-se à produção e comercialização de um sistema disruptor de SGM (Structural Health Monitoring) para estruturas críticas, tendo como mercado-alvo, numa primeira fase, a indústria produtora de dispositivos para captar energia eólica. A Fibersail pretende facilitar e otimizar a criação de pás eólicas mais eficientes junto de desenhadores e construtores, ajudando a reduzir o custo das energias renováveis. Para os fundadores da spin-off, a colaboração com a Faculdade de Engenharia da U.Porto foi uma grande vantagem competitiva que trouxe valiosos resultados de I&D para ambos.

 

IMMUNETHEP (2017)

Immunethep é uma empresa de base biotecnológica que nasceu no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS). A empresa spin-off U.Porto encontra-se a desenvolver imunoterapias eficazes no combate a infecções provocadas por bacterias. A Immunethep está neste momento a desenvolver a única vacina anti-bacteriana que endereça multiplas bactérias, incluindo bactérias conhecidas pela sua resistência a antibióticos quer gram negativas (E. coli e K. pneumoniae) quer gram positivas (S. aureus, S. pneumoniae, GBS). A vacina destina-se a prevenir infeções por estas bactérias sobretudo em grupos de risco que vão realizar grandes cirurgias, idosos, diabéticos ou mesmo recém-nascidos. 

FASTinov (2017)

FASTinov é uma startup relacionada com a I&D e nascida em contexto académico na Faculdade de Medicina da U.Porto. A sua tecnologia, já patenteada, permite realizar testes antimicrobianos muito mais rapidamente do que usando os métodos atuais e, mesmo assim, de forma segura. "Com esta tecnologia, será possível esclarecer os principais mecanismos de resistência dos microrganismos, fundamental para a compreensão da transmissão e desenho de novas terapêuticas, bem como garantir um tratamento seguro e atempado evitando mortalidade", são as palavras da CEO Cidália Pina Vaz.

 

DOURO SKINCARE (2017)

Douro SkinCare dedica-se à comercialização e fabricação de perfumes, cosméticos e produtos de higiene, bem como produtos farmacêuticos. A spin-off introduziu um novo conceito no mercado chamado “Cosmética de Fusão” que consiste em combinar, na mesma formulação, extratos vegetais e ingredientes de síntese, maximizando a performance dos produtos na pele. A Douro SkinCare trabalha, desde o início, em estreita colaboração com o Departamento de Investigação em Engenharia Química da Faculdade de Engenharia da U.Porto.

 

VIRTUALCARE (2017)

VirtualCare - Systems for life é uma empresa especializada na área da medicina e surgiu no atual Departamento de Medicina da Comunicada Informação e Decisão em Saúde (MEDCIDS). Dedica-se à comercialização dos produtos VC AnesthCare (um registo clínico para a anestesia, que pode ser usado por médicos, enfermeiros e administrativos), VC BreastCare (para a patologia mamária), VC ObsCare (para registos clínicos e obstetrícios), VC PsychCare (para prescrição e administração de anti psicóticos de longa duração) mas presta também serviços de consultoria, apoio à investigação clínica, cursos online e formação in company.

 

EACT ERGO+ACTIVA (2017)

EACT ERGO+ACTIVA trabalha com empresas e instituições que procuram mudar comportamentos, posturas e ambientes de trabalho. Dedica-se à formação e serviços com base no ErgoCoaching – ergonomia do local de trabalho através da prática de exercícios físicos de compensação e/ou aplicação dos princípios da fisioterapia preventiva. A metodologia da spin-off é pioneira na transformação e consolidação de hábitos, posturas e gestos mais saudáveis e ergonómicos. A FADEUP – Faculdade de Desporto da U.Porto prestou-se, desde cedo, para apoiar a empresa e, em conjunto, desenvolveram know-how relevante nas áreas do Exercício, Fisioterapia e Ergonomia, o que permite à EACT ERGO+ACTIVA adquirir vantagens competitivas no mercado.

 

DIGITAL FLOW (2016)

Digital Flow - Innovation & Gamification foi criada em 2009 para dar resposta às necessidades de modernização e digitalização dos processos de procurement de empresas e entidades públicas. Da resposta a este desafio foram desenvolvidas competências e metodologias inovadoras que se aplicaram posteriormente à gestão dos processos de inovação empresariais. Atualmente, a Digitalflow está especializada na criação de ferramentas, baseadas na gamificação, que permitem desenvolver abordagens de maior valor acrescentado aos processos de inovação e empreendedorismo, com clientes e projetos de referência em empresas e universidades.

 

SPHERE ULTRAFAST PHOTONICS (2014)

Sphere Ultrafast Photonics é uma empresa dedicada ao desenho e fabrico de tecnologia laser ultra rápida. A empresa foi fundada em Setembro de 2013 por Helder Crespo e Rosa Romero, da Universidade do Porto e por Anne L'Huillier, Miguel Miranda, Cord Arnold e Thomas Fordell da Universidade de Lund, Suécia. Este projeto nasceu no Departamento de Física e Astronomia da FCUP, fruto de muitos anos de investigação e desenvolvimento na área dos lasers ultrarrápidos e sistemas de medida dos mesmos. A equipa dedica-se aos lasers ultrarrápidos e às soluções laser pulsado, proporcionando produtos aos seus clientes que melhoram o desemprenho das aplicações de laser de femtosegundo

 

METABLUE (2013)

Metablue deu os seus primeiros passos no âmbito do Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico (MIETE). A partir do programa de mestrado, os promotores da METABLUE estudaram várias tecnologias da Universidade do Porto, para depois enveredarem pelo desenvolvimento de um dispositivo médico que permite o diagnóstico precoce de otites - o OTITEST. Dedicada à comercialização de dispositivos médicos, a Metablue  já colocou o Otitest no mercado e prevê para breve o lançamento do Lipowise e do Digital Laryngoscope. 

 

HEALTHY SYSTEMS (2013)

HealthySystems fornece tecnologias de informação e segurança na área da saúde. Está, neste momento, a crescer de forma sustentada querendo avançar para o patenteamento de alguns dos seus produtos bem como avançar para a internacionalização da empresa. Luís Antunes quer que a HealthySystems seja “encarada no mercado como uma empresa que atua como terceira parte de confiança (TTP – Trusted Third Party) em áreas chave das tecnologias de informação e segurança" e crê que, para isso, a chancela Spin-Off U.Porto foi muito importante. Acrescenta ainda que “o sucesso alcançado pela HealthySystems no primeiro ano de vida ultrapassou muito as melhores expectativas”. 

 

MICE (2013)

MICE – Molds and Injected Components Engineering é uma empresa vocacionada para a engenharia de materiais termoendurecíveis e compósitos. Ricardo Santos (MICE), considera que a credibilidade que vem associada ao nome da U.Porto é o mais importante, tornando possível “mostrar o suporte que as tecnologias da MICE têm em investigação de ponta que foi produzida na melhor Universidade do País”, acrescenta. Na opinião do representante da jovem empresa, a chancela permite estabelecer uma base de credibilidade: “A MICE vai ainda precisar de algumas tarefas de desenvolvimento, e a associação à U.Porto é para nós bastante importante”, refere. Os empresários estão agora em busca de novos clientes para aumentar a reputação e visibilidade da MICE na produção de peças.

 

STREAMBOLICO (2013)

Streambolico desenvolveu tecnologia que aumenta 10 vezes a capacidade de entrega de vídeos ao vivo a partir de um hotspot.  Rui Costa, líder da empresa, enfatiza o papel da investigação levada a cabo na U.Porto: “Foi uma oportunidade única para empreendermos, o que nos levou a prosseguir com o apuramento da ideia de negócio e com o aprofundamento a nível mundial das variáveis tecnológicas e de mercado que serão relevantes para o sucesso da empresa”. Acrescenta ainda que “a chancela é um excecional selo de qualidade e teve um papel fundamental nos primeiros contactos comerciais da empresa, abrindo várias portas e acelerando assim o processo de entrada em clientes de renome internacional.”

 

 

VENIAM (2013)

Um dos produtos da Veniam pretende tornar possível a conectividade à internet a partir de um carro ou frota. Na opinião de João Barros, CEO da empresa, a maior vantagem mostrou-se no acesso a contactos internacionais para desenvolvimento de novos negócios: “A rede internacional da U.Porto abriu-nos algumas portas noutros países, incluindo Estados Unidos, Singapura e Brasil”, disse o empresário. 

 

EFISENERGY (2011)

Leonel Ramos e Hugo Gonçalves são as mentes por trás da Efisenergy e a dupla venceu o iUP25k (concurso de ideias de negócio da U.Porto) em 2010. Leonel Ramos acredita que o "acesso facilitado ao contacto com departamentos de faculdades da U.Porto para colaboração em projetos de I&D é uma das maiores vantagens" da chancela Spin-Off U.Porto. A empresa está recorrentemente concentrada em desenvolver novos produtos.

 

 

 

 

SYSNOVARE (2011)

Sysnovare cria, desenvolve e implementa soluções informáticas que visam acrescentar valor ao negócio dos seus clientes. Sónia Rosa, assessora da Administração, considera que “o facto de a Sysnovare se apresentar como uma Spin-off da U.Porto abre seguramente muitas portas”. Neste momento estão focados em expandir o negócio para os países de língua portuguesa, tendo feito em 2012 o primeiro negócio com Angola.

 

 

INOVAPOTEK (2010)

Inovapotek dedica-se ao desenvolvimento de produtos nas áreas farmacêutica e cosmética. Foi a primeira empresa a querer associar-se à chancela Spin-Off U.Porto, em Janeiro de 2010, uma ligação que, na opinião da responsável Marta Ferreira, é essencial porque “toda a gente conhece a Universidade do Porto”. A empresa trabalha na área farmacêutica e está, neste momento, numa fase de expansão internacional depois de ter celebrado o seu 5º aniversário.